11.01.2017 - 09:26

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Senador Raimundo Lira quer ser líder do PMDB e aposta em Cássio Cunha Lima para vice-presidente do Senado

Sobre Cássio, Lira disse que se dependesse da sua vontade ele escolheria o senador paraibano para o cargo.



O  senador Raimundo Lira comentou, na noite desta terça-feira (10), as especulações  da indicação de seu nome para liderar a bancada do PMDB no Senado  e do senador Cássio Cunha Lima  (PSDB) assumir a 1ª vice-presidência do Casa.

Sobre Cássio, Lira disse que se dependesse da sua vontade ele escolheria o senador paraibano para o cargo.

Já sobre a liderança do PMDB, Raimundo Lira adiantou que tem recebido apoios  de senadores de sua bancada, mas não definiu ainda sua candidatura.

O peemedebista disse que fará avaliação sobre o que está acontecendo em Brasília e,  se oficializar a candidatura,  será quando estiver faltando uns cinco dias para a eleição.

Críticas de Antônio Sousa  – O senador Raimundo Lira (PMDB) evitou falar sobre críticas do tesoureiro do PMDB Antônio Sousa, que alegou, através de mensagem, que a aliança do peemedebista com o governador Ricardo Coutinho o levou a várias derrotas eleitorais.

Raimundo Lira disse que não tinha lido o texto escrito por Antônio Sousa e, por esse motivo, não iria comentar o assunto.


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

REPÓRTER DA GLOBO É AGREDIDA POR MULHER DE PRESO QUANDO FAZIA COBERTURA

REPÓRTER DA GLOBO É AGREDIDA POR MULHER DE PRESO QUANDO FAZIA COBERTURA


ORLANDO TEJO E ZÉ LIMEIRA

ORLANDO TEJO E ZÉ LIMEIRA


ver todos os vídeos