08.12.2017 - 09:32

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Quarenta anos depois, pessoal que fez o Movimento Estudantil da UFPB se reúne em João Pessoa

Este evento irá reunir, depois de 40 anos, parte das pessoas que, nos anos finais da década de 70, se aglutinaram em uma luta pela reconstrução do movimento estudantil, pela liberdade, democracia e pelo fim do regime militar em nosso país.



João Pessoa será sede, neste fim de semana, de um evento de características bem peculiares: o I Encontro dos Pioneiros do Movimento Estudantil da UFPB.   Este evento irá reunir, depois de 40 anos, parte das pessoas que, nos anos finais da década de 70, se aglutinaram em uma luta pela reconstrução do movimento estudantil, pela liberdade, democracia e pelo fim do regime militar em nosso país.

“O tempo passou mas podemos assegurar que o projeto inicial daqueles pre-cursores que, na semiclandestinidade e enfrentando toda a sorte de dificuldades deram os primeiros passos, foi vitorioso ao longo do tempo e muitas foram as conquistas que devem ser celebradas”, avalia Severino Dutra, que foi eleito presidente do DCE-UFPB na retomada em 1977 e atualmente é professor do Departamento de Filosofia da mesma Universidade.

Durante este período de quatro décadas, muitas bandeiras de luta do movi-mento estudantil do final dos anos 70 e primórdios dos anos 80 foram incorporadas, como conquistas, ao contexto da vida nacional: A Anistia, que possibilitou o retorno de inúmeras personalidades e políticos banidos, a exemplo de Miguel Arraes, Brizola, Darcy Ribeiro, Betinho, entre tantos; o fim do Regime Militar; a revogação do AI 5 e dos Decretos 477 e 228, as eleições diretas em todos os níveis e a Convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte são algumas. Em 1979, a luta estudantil nacio-nal consolidou a reconstrução da UNE, com a realização do histórico 31º Congresso da UNE em Salvador.

A retomada do Diretório Central do Estudantes, na gestão de Severino Dutra, foi marcada pela intensa movimentação e grandes debates de temas que faziam parte de uma pauta de luta nacional. A realização da I Calourada foi o palco de palestras e debates que reuniram personalidades nacionais como Paulo Brossard, Henfil, Jaguar, Darcy Ribeiro, Dom José Maria Pires, entre muitos.

A retomada do movimento estudantil da UFPB em 1977 aconteceu nos primór-dios do Reitorado de Lynaldo Cavalcanti que implantou na Paraíba um modelo multi campi de universidade, modernizando a instituição e desenvolvendo uma gestão de grande expansão em todas as áreas.

O I Encontro dos Pioneiros do Movimento Estudantil da UFPB acontecerá nesta sexta feira,8 de dezembro, a partir das 13 horas no restaurante “Bessa-me”, rua Severino Nicolau de Melo, 153, Bessa.
 


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

XANGAI E MACIEL MELO. UM SOM....

XANGAI E MACIEL MELO. UM SOM....


SALVE ZÉ MARCOLINO E LUIZ GONZAGA

SALVE ZÉ MARCOLINO E LUIZ GONZAGA


ver todos os vídeos