16.02.2017 - 04:25

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Presidente da Assembleia da PB diz que Energisa forjou forjou “gato” em sua casa para cobrar multa

Na época, Gervásio abordou o assunto na tribuna da Casa, após a denúncia ter sido exposta pelo deputado Trócolli Júnior (PROS).



Em 2013, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia (PSB) acusou a Energisa de forjar ‘gatos’ de energia elétrica em sua casa para cobrar multa.

Na época, Gervásio abordou o assunto na tribuna da Casa, após a denúncia ter sido exposta pelo deputado Trócolli Júnior (PROS).

Gervásio afirmou que funcionários da Energisa queriam quebrar a parede de sua residência para encontrar a suposta irregularidade.

“Eles puxaram fio, minha casa ficou sem energia, foi um constrangimento total. Eles estão fazendo isso em toda a Paraíba”, contou Gervásio Maia há três anos.

O ‘caso do fio preto’ foi investigado pelo Ministério Público da Paraíba e arquivado após a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o MP e a distribuidora de energia elétrica. A Energisa se prontificou a pagar R$ 800 mil a órgão do MP e ao Hospital Padre Zé.

No entanto, vereadores de João Pessoa e deputados estaduais estão propondo novamente um debate sobre o tema.

Na tarde desta quarta-feira (15),  o deputado Anísio Maia (PT) conseguiu 20 assinaturas e protocolou requerimento para instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI)  na Assembleia Legislativa para apurar o caso.

A vereadora Raíssa Lacerda (PSD), que também fez a denúncia no passado, prometeu mobilizar os seus colegas na Câmara para também instalar uma CPI na Casa.


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

ARIANO SUASSUNA CONTA PORQUE NÃO USA GRAVATA...

ARIANO SUASSUNA CONTA PORQUE NÃO USA GRAVATA...


ARIANO SUASSUNA: A AULA SOBRE A POESIA DO BRASIL.

ARIANO SUASSUNA: A AULA SOBRE A POESIA DO BRASIL.


ver todos os vídeos