16.02.2017 - 12:11

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Polícia prende acusados de atrair jovem para encontro sexual e depois matá-lo, na Grande João Pessoa

Foi cumprido mandado de prisão temporária contra um dos envolvidos e mandados de busca e apreensão contra dois adolescentes à época.



A Polícia Civil prendeu nessa quarta-feira (15) três pessoas suspeitas da autoria de um assassinato ocorrido no bairro de Tibiri, em Santa Rita, no dia 29 de outubro de 2015, e que teve como vítima Péricles Thiago Targino dos Santos. Foi cumprido mandado de prisão temporária contra um dos envolvidos e mandados de busca e apreensão contra dois adolescentes à época.

Durante as investigações, foi descoberto que o autor intelectual do crime criou um grupo e um perfil ‘fake’, com apelo sexual, no aplicativo Whatsapp, no intuito de seduzir a vítima e atraí-la ao local onde seria executada. Para dar maior confiabilidade à estratégia, os envolvidos mandavam fotos sensuais e gravavam áudios com voz feminina.

A investigação identificou a mulher que gravou os áudios, o veículo utilizado no crime, o piloto da motocicleta, o garupa que efetuou os disparos, a pessoa que criou o grupo e o perfil no aplicativo, além de desvendar a motivação do crime.


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

UM DESAFIO INTELIGENTE – OLIVEIRA DE PANELAS E SEBASTIÃO DA SILVA

UM DESAFIO INTELIGENTE – OLIVEIRA DE PANELAS E SEBASTIÃO DA SILVA


VEJA O DEPOIMENTO DE LULA HOJE À JUSTIÇA FEDERAL, EM BRASÍLIA

VEJA O DEPOIMENTO DE LULA HOJE À JUSTIÇA FEDERAL, EM BRASÍLIA


ver todos os vídeos