05.02.2018 - 09:33

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Polícia indicia marido de Tigresa VIP menor de 17 anos que posta vídeos nua na Internet, no Mato Grosso

O caso foi alvo de inquérito da polícia após a menor, que se apelidou de “Tigresa” nas redes sociais, passar a postar o material nas redes sociais e em grupos do aplicativo WhatsApp.



 Um homem de 37 anos foi indiciado pela Polícia Civil por fazer fotos e vídeos de sua esposa, de apenas 17 anos, nua ou seminua em locais públicos de Alta Floresta, distante 800 km de Cuiabá. O caso foi alvo de inquérito da polícia após a menor, que se apelidou de “Tigresa” nas redes sociais, passar a postar o material nas redes sociais e em grupos do aplicativo WhatsApp.
 
Segundo o delegado regional Rodrigo Bastos, o suspeito irá responder pelos crimes de registrar e distribuir ou divulgar cena pornográfica envolvendo adolescente, previstos nos artigos 240 e 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), cujas penas mínimas somadas podem chegar a sete anos de reclusão, além de multa. A adolescente, por sua vez, irá responder por ato infracional similar ao crime de ato obsceno.
 
O casal foi conduzido à delegacia após a abertura de inquérito para apurar o caso, mas ninguém foi preso. Nas páginas criadas pela jovem nas redes sociais, suas fotos e vídeos dividem opinião: há aqueles que a criticam pela sua exposição e outros que a elogiam pela coragem.

Nesta semana, a menor postou o link de seu site onde posta vídeos onde aparece nua e convida os seguidores a acompanharem suas transmissões, ao vivo, pela internet.


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

COMPORTA DO AÇUDE DE BOQUEIRÃO É ABERTA

COMPORTA DO AÇUDE DE BOQUEIRÃO É ABERTA


DESCASO NO HOSPITAL EDSON RAMALHO, EM JOÃO PESSOA

DESCASO NO HOSPITAL EDSON RAMALHO, EM JOÃO PESSOA


ver todos os vídeos