01.09.2017 - 08:04

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Justiça sinaliza julgamento da ação que pede cassação de prefeita de Mamanguape, do PSB, em setembro

A informação foi da própria juíza Juliana Maroja (7ª Zona Eleitoral), revelando que o processo se encontra já na fase das alegações finais, para que, então, a sentença seja proferida, o que deve ocorrer ainda em setembro.



Está na agulha o julgamento da AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) que pede a cassação da prefeita Eunice Pessoa (PSB), de Mamanguape. A informação foi da própria juíza Juliana Maroja (7ª Zona Eleitoral), revelando que o processo se encontra já na fase das alegações finais, para que, então, a sentença seja proferida, o que deve ocorrer ainda em setembro.

A ação foi motivada, como se sabe, a partir de uma gravação de áudio mostrando a promotora Ismânia Pessoa, comprando vereadores para apoiar a reeleição de sua mãe, ano passado. Ela prometia dinheiro e cargos na Prefeitura. Ismânia já foi, inclusive, punida pelo Ministério Público do Estado, o que, segundo os advogados da oposição, corrobora a tese do cometimento do delito.

O caso – No final de setembro de 2016, um áudio vazou na Internet com trechos da reunião. Ismânia oferece a quantia de R$ 5 mil, além de três cargos na prefeitura para cada candidato que mudar de lado: “Você se declarando (que deixa Fábio e apoia Eunice) a gente dá um valor a vocês agora.”

Em outro trecho da reunião, a candidata à vereadora Rizo Mourão (PSDB), perguntou se teria mais algum benefício. “No caso desse… bem… você dando esses R$ 5 mil e a gente tem direito a quantos empregos?” Também se oferece R$ 500, e dinheiro para gasolina e cachaça. Uma terceira pessoa aparece no áudio sendo identificado como Mocyr Cartaxo, um investidor da campanha.


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

XANGAI E MACIEL MELO. UM SOM....

XANGAI E MACIEL MELO. UM SOM....


SALVE ZÉ MARCOLINO E LUIZ GONZAGA

SALVE ZÉ MARCOLINO E LUIZ GONZAGA


ver todos os vídeos