13.04.2017 - 07:06

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Inquérito que apura corrupção no governo de Ricardo Coutinho some e MP processa Cláudio Lima

O inquérito é relativo a uma denúncia de que o secretário estaria interferindo indevidamente na condução de inquérito policial e foi publicado na edição desta quarta-feira (12) do Diário Oficial do órgão.



A Promotoria do Patrimônio Público de João Pessoa está investigando a interferência e responsabilidade do secretário de Estado da Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, no sumiço de um inquérito policial que apurava um suposto esquema para pagamento de propina no valor de R$ 81 mil a secretários do Estado.

O inquérito é relativo a uma denúncia de que o secretário estaria interferindo indevidamente na condução de inquérito policial e foi publicado na edição desta quarta-feira (12) do Diário Oficial do órgão.

O processo em questão diz respeito a um suposto esquema para pagamento de propina a auxiliares do governador Ricardo Coutinho (PSB), denunciado em 2014. Entidades provocaram o Ministério Público para que apurasse a existência e arquivamento de investigação policial sobre o caso.

A advogada Laura Berquó apresentou nova denúncia pedindo que a possível participação do secretário de Segurança fosse investigada.

Conforme a denúncia, Cláudio Lima teria interferido no andamento da investigação.

Entenda

Segundo a denúncia, durante uma blitz de rotina, ocorrida no dia 30 de junho de 2011, a polícia interceptou um veículo transportando a quantia de R$ 81 mil, sacada na Agência do Banco do Brasil de Benfica, em Recife (PE).

Ainda segundo informações, ao lado da quantia os policiais apreenderam um papel com a orientação para a distribuição do dinheiro que seria entregue a Gilberto Carneiro, atual procurador geral do Estado, Livânia Farias, atual secretária de Administração, Coriolano Coutinho, irmão do governador Ricardo Coutinho, e Laura Farias, da Sudema.

O inquérito aberto por delegados da Polícia Civil teria sido arquivado após uma operação ‘abafa’, que teria sido organizada pela Secretaria de Segurança e Palácio da Redenção.


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

ARIANO SUASSUNA POR ELE MESMO

ARIANO SUASSUNA POR ELE MESMO


OS ZÉ DA PARAÍBA

OS ZÉ DA PARAÍBA


ver todos os vídeos