05.04.2018 - 09:15

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Guarda Pessoal: Advogada aciona Ministério Público para processar Ricardo por improbidade administrativa

Em sua petição, a advogada pede ao Ministério Público nomeação de representante para “ingressar com ação de improbidade administrativa contra o governador, a instauração de inquérito civil com espeque no art. 129, III da Constituição Federal de 1988”.



A advogada Laura Berquó acaba de acionar o Ministério Público da Paraíba, para ingressar como uma ação de improbidade administrativa contra o governador Ricardo Coutinho, por conta da criação da guarda pessoal, bancada com recursos do contribuinte, por quatro anos após sua saída do Governo. Laura pede ainda abertura de inquérito civil público contra o governador.

Segundo Laura, “em que pese tratar originariamente de Projeto de Lei n. 1.732/218, de autoria do deputado estadual Hervázio Bezerra, todos sabem que o referido deputado é da base aliada do governador bem como mudanças na estrutura do Poder Executivo são de inciativa legislativa do chefe do Poder Executivo Estadual.”

Em sua petição, a advogada pede ao Ministério Público nomeação de representante para “ingressar com ação de improbidade administrativa contra o governador, a instauração de inquérito civil com espeque no art. 129, III da Constituição Federal de 1988”.

Com Blog de Helder Moura
 


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

COMPORTA DO AÇUDE DE BOQUEIRÃO É ABERTA

COMPORTA DO AÇUDE DE BOQUEIRÃO É ABERTA


DESCASO NO HOSPITAL EDSON RAMALHO, EM JOÃO PESSOA

DESCASO NO HOSPITAL EDSON RAMALHO, EM JOÃO PESSOA


ver todos os vídeos