12.09.2017 - 07:48

Aumentar fonte Aumentar fonte Diminuir fonte Diminuir fonte


Água de Boqueirão continua subindo após 17 dias do fim do racionamento em Campina Grande

De acordo com o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva, o açude poderia ter recebido mais água, não fosse a diminuição da vazão que a Paraíba recebe do rio São Francisco.



Segundo levantamento feito pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), o nível do açude Epitácio Pessoa, que fica localizado na cidade de Boqueirão, continua subindo após 17 dias do fim do racionamento em Campina Grande. Durante este período o reservatório recebeu um aporte de 530.000 metros cúbicos.
 
De acordo com o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva, o açude poderia ter recebido mais água, não fosse a diminuição da vazão que a Paraíba recebe do rio São Francisco.

"Nosso monitoramento, que é feito diariamente, registrou uma queda significativa. A vazão de água caiu de 3,57 metros por segundo para 2,41 metros por segundo entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro. Isto por causa de um serviço de manutenção nas estações elevatórias", informou.
 
O reservatório Epitácio Pessoa, mais conhecido como Boqueirão, comporta mais de 411 milhões de metros cúbicos de água e atualmente está com 8,45% da capacidade, o equivalente a 34.790.000 metros cúbicos. O açude abastece Campina Grande e outras 18 cidades do compartimento da Borborema.
 
Dos 127 reservatórios monitorados pela Aesa, 48 estão com menos de 5% da capacidade. Outros 39 estão com menos de 20%, 37 açudes têm mais que 20% e 3 estão sangrando. O site da Aesa, www.aesa.pb.gov.br, detalha os níveis de cada barragem. Também podem ser acessados dados sobre a previsão do tempo, a legalização de obras hídricas e o trabalho desenvolvido pelos comitês de bacias hidrográficas.
 


Comentários

Colunistas

ver todos os colunistas

Vídeos

XANGAI E MACIEL MELO. UM SOM....

XANGAI E MACIEL MELO. UM SOM....


SALVE ZÉ MARCOLINO E LUIZ GONZAGA

SALVE ZÉ MARCOLINO E LUIZ GONZAGA


ver todos os vídeos